28 Jun
2020

Scan Corona, GIIAS 2020 oficialmente cancelado

Category:Notícias

Evento anual oficial GIIAS 2020 adiado – Ao contrário de anos anteriores, não há muito tempo, há pouco tempo, havia rumores de que a agenda do evento GIIAS 2020 foi oficialmente declarada adiada. Não está certamente separado da varredura do vírus Corona que ainda se espalha na Indonésia.

Em relação a isso, neste caso o presidente do GAIKINDO, Yohannes Nangol, referiu que isso se deve ao facto de o calendário de organização da exposição anual de automóveis ser avaliado junto à alegada época da recuperação do mercado, que se encontra por volta de julho de 2020.

Evento anual oficial DO GIIAS 2020 adiado

“Com base nas previsões de Gaikindo, a pandemia começou a melhorar em junho de 2020 e depois em julho de 2020 a condição global começou a ser normal, incluindo a condição económica da Indonésia”, disse na terça-feira (5/5/2020).

Por esta razão, é óbvio que o próprio Gaikindo decidiu claramente várias decisões importantes relacionadas com o funcionamento da exposição automóvel GIIAS 2020. Um deles é mudar a programação da exposição para setembro e outubro de 2020.

Em detalhe, o GIIAS Surabaya 2020 será realizado no início de setembro de 2020, localizado em Grand City Convex Surabaya. Em seguida, por favor, note que para o 28º evento GIIAS estará aberto de 22 de outubro a 1 de novembro de 2020 no ICE.

“Tivemos de fazer ajustamentos para nos concentrarmos na atende às necessidades do setor e ainda priorizar a segurança e o conforto dos visitantes. Chegámos à conclusão de que mudar a data da implementação é a melhor escolha”, disse o presidente III Gaikindo, bem como o presidente do organizador de exposições do GIIAS, Rizwan Alamsjah.

Por um lado, para a implementação do GIIAS em Makssar e GIIAS Medan, o próprio Nangoi deu a explicação de que, mais tarde, o evento seria lançado no próximo ano de 2021. Este é certamente o melhor passo face às condições que atualmente atingem a Indonésia devido à pandemia viral de Corona.

GIIAS 2020 confirmado para ser inaugurado a 7 de agosto

“Temos de pensar que devem ser dadas prioridade a vários fatores, como a saúde e segurança da comunidade, bem como as condições económicas do Estado. Além disso, temos também de pensar na importância da indústria automóvel que leva tempo para a recuperação, mas também precisa do evento para recuperar”, disse Nangoi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Categorias